Antes de tudo, um aviso:

Essa lista não inclui nenhum tópico do tipo ”beber até cair” já que a diversão é um conceito bem relativo. O titulo é simbólico porquê que cada um tem o seu próprio tempo então você pode ter aprendido (ou ainda não) essas ”lições” aos 14, 16, 18, 30…

São sem dúvidas coisas simples e aparentemente até óbvias, por isso eu prometo tentar não ser clichê.

Reforço ainda dizendo que são pequenas atitudes que requerem apenas exercícios diários, mas que por incrível que pareça muitos ”adultos” até hoje não aprenderam (ou pelo menos não praticam) o real significado de um terço desses itens.

Então se você é jovem ainda, jovem ainda…

editadasweb

 

1- Tudo tem o seu tempo

Por mais que eu só tenha aprendido isso depois de ouvir o mesmo discurso milhares de vezes (obrigada mãe) ainda é difícil pra mim aceitar que por mais que eu trabalhe -muito- para que as coisas aconteçam rápido e da forma que eu desejo, tudo tem o seu tempo.

As vezes eu ainda me pego me descabelando, trabalhando e lutando incansavelmente pra que algo que eu queira muito aconteça logo e no fim, tudo vai por água a baixo (sim as coisas não dão certo pra mim também) e eu fico instantaneamente braba. Ainda preciso parar pra respirar e lembrar que se eu quero não aconteceu naquele momento, certamente era não estava na hora mas isso não significa que ela nunca vai acontecer.

Tudo que dá errado nos leva (ou nos faz ficar) no lugar certo, onde iremos aprender as coisas certas com as pessoas certas na hora certa.

Essa persistência (determinação, eu diria) e a minha vontade de estar sempre na frente de mim mesma é uma das qualidades que as vezes surge como um dos meus maiores defeitos, eu só aprendi a lidar com tudo isso tendo em mente que eu só tenho que fazer a minha parte agora e o que tiver que ser meu será.

Não adianta, no fim tudo só vai acontecer se for a hora, mesmo que a gente tente mudar, não adianta. Aprender isso é cortar pela metade possíveis futuros sofrimentos.

Acalme o seu coração, você vai realizar todos os seus sonhos.

2- O melhor lugar do mundo é onde a gente está 

Parece irônico um tópico desses vindo logo de um blog cheio de memórias de viagens e desejos de estar explorando qualquer cantinho do mundo por conta daquele sentimento de ”quero fugir dessa cidade logo e morar em qualquer outro país”. Mas a verdade mesmo é que o melhor lugar do mundo é onde a gente está: na nossa cidade, na nossa cama, na praia com a família ou de onde quer que você esteja lendo essa postagem.

Apreciar o lugar que a gente está é viver intensamente o que acontece aqui e agora, ser feliz e estar contente com o que a gente tem é um dos segredos da vida.  A cidade que a gente mora é incrível, a nossa cama pode ser dura mas é a melhor cama do mundo, a nossa casa pode não ter piscina e o sinal wifi pode até ser péssimo mas ela tem a sua família, o feijão da sua mãe e o seu cachorro. Ou seja, é o melhor lugar do mundo.

Não viva só na internet, experimente o mundo real, se leve pra dar uma volta no bairro que você mora a anos e nunca olhou com outros olhos pois enquanto caminhava pela calçada imaginava o quão legal seria estar em Londres ou Nova Iorque, aproveite a vista. : ))

3- Cuidado com o que você deseja

Eu sou formadora da seguinte opinião: tudo que a gente pensa e deseja a gente atrai, sejam esses pensamentos e desejos bons ou ruins. E está justamente aí a grande importância do cultivo de pensamentos bons e positivos sempre.

Podem me chamar de estranha ou do que quiserem (eu realmente não ligo) mas eu acredito muito na ordem do universo e no poder das palavras, então se eu não poderia deixar de colocar isso como forma de conselho: cuidado com o que você deseja, evite repetir bobagens ”maldosas/ruins” sobre si mesmo ou sobre outras pessoas mesmo que elas forem ”de brincadeira”.

O universo que nos rodeia é aquele que a gente mesmo cria, lembram?!

4- Não tenha medo de pedir conselhos, nem ajuda

Medo é um sentimento natural e mesquinha que todo mundo tem. Pedir ajuda é assinar um contrato com nosso ego que diz que não somos perfeitos e por isso não podemos fazer tudo sozinhos, que não somos auto-suficientes.

Pedir ajuda é útil não só quando estamos com preguiça, mas sempre que existe dúvidas quanto a tomar alguma decisão (principalmente as mais difíceis). Em todo lugar do mundo haverá alguma pessoa mais experiente que certamente vai estar disposto a te ajudar se você estiver receptivo pra ser ajudado.

Remember: nós nem sempre temos as soluções e as respostas que precisamos na ponta da língua.

collagerampaweb

5- Saiba onde você está indo (criar objetivos é a melhor maneira de chegar em algum lugar)

Foi com a minha mãe que eu aprendi que nós podemos chegar onde a gente quiser se soubermos exatamente o que queremos, digo, ser mesmo minimalista e detalhista.

Tenho diversas histórias e experiências sobre isso -inclusive sobre relacionamentos , e se um dia a gente se encontrar podemos conversar melhor sobre cada uma delas. Uma dessas histórias é mais ou menos assim: Desde que eu nasci eu moro em uma casa pequena (do tipo sobradinho) em um condomínio em uma cidade também bem pequena. Então desde que eu nasci e os planos dos meus pais mudaram, tudo aqui é ”improvisado”, digo, não tão elaborado porque a gente cresceu ouvindo que logo construiríamos uma casa nova (e lá se passaram 18 anos). O problema não era simplesmente construir uma casa, era achar o terreno perfeito pra construir. A minha mãe, que me ensinou todas essas lições colocou na listinha dela que queria um terreno de esquina, com vista pra montanha e que tivesse uma árvore. Em uma cidade minúscula foi quase impossível atender a esses três simples desejos, mas anos depois o meu pai achou o terreno que preenchia todos os quesitos da minha mãe e o comprou (pausa pra agradecer por todas as nossas vontades que ele faz). O problema passou a ser então: a árvore linda ficava exatamente no meio do terreno e mesmo com um projeto maravilhoso vindo de uma arquiteta maravilhosa, foi impossível manter a casa com uma escada em volta da árvore por muito tempo. Ou seja, se quiser uma casa com uma árvore determine onde ela deve estar, seja minimalista porque se não a sua arvore vai ficar no meio do terreno e vocês terão que corta-la. hahahahaha

A minha contribuição pra mim mesma é bem parecida, uma parede cheia de post its com ”frases de motivação”, listas, desejos e metas, e mesmo que pareça bobagem vira e mexe eu risco meia dúzia delas.

Como obviamente vocês já perceberam, eu tenho mesmo fé que esses papéizinhos por representarem a minha determinação irão me ajudar toda vez que eu olhar pra eles e mentalizar pelo menos um pouquinho cada desejo escrito ali. E não, eu não acho que isso vá me livrar dos outros tipos de esforços, muito pelo contrario.

 Depois de você ter enfrentado o maior desafio da vida, que é descobrir quem a gente verdadeiramente é, descobrir onde a gente quer chegar não vai parecer uma tarefa tão difícil assim. Ninguém precisa ser tão radical, muitas vezes é preciso relaxar e deixar que a vida aconteça, mas assim que você souber qual caminho deseja seguir o universo irá te guiar por esses caminhos e nos levarão a realização de cada uma das nossas metas.

Então crie objetivos, mentalize, mas os mentalize certo! : P

6- Observe o mundo com os olhos de uma criança

Desde que minha mãe me apresentou o meu primeiro livro do pequeno Príncipe eu virei uma fã de carteirinha do Exupery, e se você já leu, com certeza sabe do que eu to falando.

Não é preciso ler muito mais do que a dedicatória do livro pra entender esse tópico já que ele é dedicado a criança que uma pessoa grande já foi, mas as diversas aquarelas do autor nos ajudam muito com aquelas histórias de jiboias abertas e fechadas (a jibóia que engoliu o elefante e era confundida com um chapéu pelos adultos) e com os diversos diálogos sobre carneiros e baobás. Sinceramente, leiam esse livro.

É difícil explicar, mas as pessoas grandes tem sempre a necessidade de explicações detalhadas e nem pra tudo existe uma.\

Crianças em sua ”forma original” não precisam de muito: são puras, sinceras, humildes e inocentes. São livres de qualquer tipo de preconceitos ou maldade mas são principalmente,  curiosas e criativas a ponto de conseguirem passar horas em uma caixa de papelão como se estivessem em um castelo ou um em um foguete.

Então observe o mundo com os olhos de uma criança: seja curioso, natural e não perca a  sua essência.

Todos os adultos já foram um dia crianças mas poucos se lembram disso.”

editadas-3web

7 – Reclamar não resolve nada

Reclamar é a mais comum forma de expressão usada quando alguma coisa dentro (e fora) de nós não está certo, e é sem dúvidas uma das piores maneiras enfrentar qualquer tipo de situação. Desistir quando as coisas ficam difíceis anda lado a lado e ambas atitudes não nos levam literalmente a lugar nenhum.

Uma realidade diferente é construída com pequenos passos, ações e decisões positivas. Seja positivo e se as coisas não acontecerem conforme o esperado, não desanime, desista e muito menos, reclame. Sair por aí carregando uma cara emburrada e uma cabeça cheia de abobrinhas negativas acaba inconscientemente ”contagiando” quem está na sua volta com a sua negatividade. E convenhamos, ninguém merece.

Não importa o quão pequenos podemos parecer ser, nada é grande demais pra nós, ou seja, podemos reverter as mais peculiares situações mas com certeza nada vai se resolver apenas através de reclamações. 

Um momento ruim pode virar um grande aprendizado, só depende de como você decide encarar (obrigada Belle!).

8- Não seja resistente a mudanças – mudar faz a gente crescer

Por mais assustador que possa ser, deixar o passado de lado nos abre novos caminhos. Os nossos velhos hábitos, pensamentos e formas de agir e pensar podem não ser mais a melhor forma de viver e você em algum momento vai precisar mudar isso de alguma forma, saindo da sua zona de conforto.

Na tela de desbloqueio do meu celular mostra uma imagem que diz assim: ”Get out from your house, from your cave, from your car. From the place that you feel safe, from the place that you are. Get out and go running, go funning, go wild. Get out from your head and get growing, dear child…”. É exatamente isso e ainda bem que ninguém disse que seria fácil de se acostumar.

 

9- Coisas são somente coisas

Digo de passagem que entender esse tipo de lição nunca foi um problema pra uma criança que sempre gostou de dar os seus brinquedos pros outros, digo, pra mim. Com excessão a heranças e bens que carregam um valor sentimental, um celular é só um celular, um computador é só um computador, o ultimo tamanho do seu vestido favorito que está na promoção é só mais um vestido que está na promoção.

Não que a gente não deva que reconhecer o valor de cada bem material que nós temos, mas sim que eles carregam apenas o valor do suor gasto para obte-los.

Nada material é tão importante que você não possa viver sem. Inclusive a falta de alguns recursos foram sem dúvidas um dos quesitos que contribuíram com o desenvolvimento de toda a criatividade que eu tenho hoje.

10- Seja grato

Aprendi desde cedo com meu pai que gratidão é um dos maiores remédios da vida. Até hoje ele de vez enquanto reforça me dizendo que se cada um de nós formos gratos todos os dias ao acordar e ao dormir as coisas ao nosso redor acontecem bem melhor, e não discordo. As vezes a gente passa tanto tempo buscando um futuro ideal que acaba se esquecendo de agradecer e valorizar tudo que a gente tem aqui e agora.

Você já parou pra prestar atenção esse mês sobre o quão bonita é a sua família e a sua cidade? Sobre o quão companheiros são os seus amigos e o quanto você os ama? Sobre o quão forte e saudável você é pra ir atrás dos seus sonhos e dos seus objetivos? That’s enough. A sua vida já é super legal e você já tem motivos de sobra pra agradecer por tudo isso.

Gratidão não é nenhum tipo de dom, talvez você só precise de um pouquinho de pratica. Hoje, mesmo de olhos fechados consigo ver (e entender) o quão feliz eu sou por viver entre pessoas maravilhosas e estar sempre em rodeada de oportunidades incríveis! (Obrigada! Obrigada!)

Extra: Não dependa das outras pessoas pra ser feliz e esteja sempre confiante. Bondade, gratidão e amor são as maiores armas e os maiores escudos que existem na terra. (Avisem os Americanos).

~~~

 Desculpa por encher vocês de texto, mas achei que seria legal compartilhar esses ”hacks” da vida : ))))

O vestido da foto é da Fruto da Imaginação e se você quiser um desses também é só entrar em contato com eles clicando >aqui<

Você pode me acompanhar pelo meu instagram e conversar comigo deixando um comentário nessa publicação! ♥


Deixe Sua Opinião



Deixe sua opinião












segunda-feira, 2 de março de 2015.

Adorei o texto, é engraçado que refletindo sobre ele cheguei a conclusão que aprendi isso com o mundo, com a vida, nessa nova fase de ser maior de idade, e penso até que o mundo me ensinou muitas outras coisas e que pensando agora super me orgulho de ter aprendido. Amei o texto, parabéns pelo trabalho Emille. 😀 <3 http://idemhappiness.wordpress.com/


terça-feira, 3 de março de 2015.

Emille, eu amei sua publicação e concordo com você em tudo, mesmo eu sendo dois anos mais nova que você haha! Eu também acredito na força do universo e nas coisas acontecerem na hora certa, mas confesso que às vezes me pego desacreditada de alguma coisas, sabe? Como vc faz para se manter positiva sempre? haha Beijos e adoro seu blog 🙂
Eu também sou blogueira, do Blog da Aninha (www.blogdaninha.com.br) e se quiser, adoraria saber que você o visitou!


terça-feira, 3 de março de 2015.

Em Julho completo 18 anos e acho que estou em uma fase muito estranha da minha vida – na verdade talvez a mais estranha de todas. Sabe quando você se vê a frente de um futuro tão incerto? Quando tudo o que você conhecia parece não existir mais e você sente (todos os dias) como se tivesse que trilhar um caminho sozinho, um caminho que você nem sabe onde vai dar… e você nem sabe como falar sobre isso, porque ninguém parece te entender. É tão estranho. Parece uma daquelas oportunidades que a vida de vez em quando te dá para você transformá-la por um inteiro, dar um passo que poderá mudar tudo pra sempre. Sinto mais do que nunca que tenho força para realizar todos os meus sonhos e ao mesmo tempo isso dá tanto medo. Já se sentiu assim, Emille? Você que acredita tanto nessas "respostas do universo" talvez pudesse me dizer o que isso significa Hahaha
Amei o texto, a maior parte eu tenho aprendido desde o ano passado pra cá, e todos os dias me lembro de cada uma dessas coisas e de outras tantas que eu descobri recentemente… bom mesmo é ver o quanto a gente cresce cada dia, né? ♥♥


terça-feira, 3 de março de 2015.

Que lindo !Adorei!Sou grata por ter teus pais como amigos ,Tua família mora no meu coração!!!Beijos!!!


terça-feira, 3 de março de 2015.

Lindooooo!!!


terça-feira, 3 de março de 2015.

Lindo o texto Emille! Cada dica me fez refletir um pouco e até aliviaram algumas coisas que tavam na minha cabeça me tirando o sono kkkk Ler esse post me fez muito bem, obrigada e parabéns pelo texto fofo :3


terça-feira, 3 de março de 2015.

Seria bem legal se vocês lessem esse post Bia Oliver e Beatriz Oliver


terça-feira, 3 de março de 2015.

Apaixonada pelo post e também pelas imagens! Sinceramente acho que a blogosfera precisa de muitoo mais posts assim, pessoais, inspiradores e sinceros!


terça-feira, 3 de março de 2015.

Tenho me sentido da mesma forma Haha


terça-feira, 3 de março de 2015.

Amo tanto os seus posts! Vou começar a botar várias coisas em prática <3
E o que dizer dessas fotos? Emille sempre linda!
Beijos e sucesso sempre 🙂


quarta-feira, 4 de março de 2015.

Ao ler esse post nas primeiras letrinhas as lágrimas começaram a derramar, não derramando de tristeza, mas sim de alegria de quanto eu sou feliz. Aprendi atitudes novas é atos que irei levar com a vida. Por muito tempo eu reclamei que morava no pior lugar do mundo, pois agora vejo que estou exstamento onde eu queria estar. Sou tão feliz que poderia gritar pra todo mundo ouvir, tenho uma família maravilhosa, uma irmã que admiro muito (além de ser um pouco chata) mas eu amo ELA. Não pedir nenhum minuto do meu tempo lendo esse post, ele estar maravilho. Dê valor no que você tem, em sua família, amigos e nas pessoas que estão ao seu redor. Bondade, gratidão e amor são as maiores armas e os maiores escudos que existem na terra.


segunda-feira, 9 de março de 2015.

Oi Emile, então preciso compartilhar minha admiração por cada letrinha deste post, concordo com absolutamente tudo escrito aqui. E hoje com quase 20 anos te digo que aprendi isso tudo a muito pouco tempo, nós temos muitas crises existenciais na nossa vida, e cada uma delas passa deixando um ou vários ensinamentos. Recentemente notei que amadureci nos últimos 6 meses da minha vida como nunca, superei muito das minhas mesquinharias e irrelevâncias que eu levava comigo, graças a Deus aprendi que tudo tem seu tempo, que o melhor lugar do mundo é onde a gente está, aprendi a tomar mais cuidado com o que desejo pois recentemente falei uma brincadeira da boca pra fora e ela aconteceu, descobri pra onde eu estou indo, aprendi a olhar o mundo de forma divertida, a parar um pouco de reclamar das coisas que não dão certo, e como uma "cigana" (minha mãe diz que sou uma ahhaha) amo mudanças então nunca reclamei quando a vida da uma reviravolta, sempre encontro uma otima oportunidade pro que esta acontecendo, aceitei que coisas são somente coisas, e junto a isso me impus um desafio, e como já iniciei o assunto agradecendo é visto que tenho muita gratidão por tudo que acontece, por tudo que Deus coloca no meu caminho, por cada obstaculo e por cada conquista positiva. E há também descobri o amor próprio e a felicidade em mim, pelo que sou por como sou, por tudo. Amei o post e queria eu ter escrito ele ♥ haha
Beijão, http://www.desapegaadri.com


segunda-feira, 9 de março de 2015.

Emille, seu texto caiu como uma luva pra mim. Obrigada por ler meus pensamentos <3


sexta-feira, 13 de março de 2015.

Pq tão fofa? Adorei o post e espero que algumas dessas coisinhas sejam absorvidas, pq senão… haha http://naotomocaf.blogspot.com.br/


domingo, 15 de março de 2015.

Boas dicas. Eu tive que aprender a maioria na marra e não me arrependo. Sou feliz por isso. Suas leitoras são ótimas. Tem opiniões bem formadas assim como você. Gostei muito daqui!

beijinhos, <3
http://www.mundodafani.com/


segunda-feira, 16 de março de 2015.

primeira vez aqui e já fiquei de boca aberta tudo que tu falou me fez pensar sabe no que vale a pena e como será minha vida daqui uns anos em tudo sabe me ajudou muito e gostei dimais do seu post porque eu por exemplo tento aprender a cada dia a viver a crescer e saber que o que for a vontade de deus será . queria muito poder te contar uma historia que aconteceu comigo e queria saber sua opinião seria legal te ouvir e saber o que pensa 🙂

beijos <3


terça-feira, 17 de março de 2015.

Gostei bastante do seu post, era tudo o que eu estava precisando ler. Obrigada. ♥

Beijos! | @steffanylopess
http://www.steffanylopes.com.br
http://fashiondaych.com.br/4468/perfil


terça-feira, 17 de março de 2015.

Vim aqui dizer que seu blog virou um dos meus preferidos e foi diretinho pra minha lista de recomentados do blog (check it – http://www.drawnwings.blogspot.com)

E que eu achei super interessante esse post. Quanto antes conseguirmos aprender essas coisas, mais leve nossa vida será. Confesso que, mesmo que aos 22, ainda não aprendi tudo que está listado aí (ainda) *fingers crossed*

Bom, era isso.
Não podia deixar seu cantinho passar despercebido. Bem como deixar de mostrá-lo ao mundo (minha meia dúzia de leitores queridos). Portanto, saiba que virei aqui mais vezes, e espero que não se incomode de eu ter te colocado na minha página.

See ya!
:*


quinta-feira, 16 de abril de 2015.

Amei o texto, me identifiquei com cada dica. Esse ano eu completo 20 anos e percebo que com o passar do tempo cada uma dessa coisa ficam cada vez mais presentes e certas pra gente. E acho que ter paciência é o principal pra tudo, tudo tem seu tempo.. então relaxa que no fim da certo. Parabéns pelos dezoito 🙂
Bjs

Meu Mundinho de Sofia


terça-feira, 28 de abril de 2015.

Você é simplesmente show !!!! Bjão !!

Comentários no Facebook